Acabando com as bolhas

Post 54

 

Elas são desagradáveis, doloridas e muitas vezes inevitáveis. As bolhas são frequentes nos praticantes de esportes e costumam aparecer nos pontos de tração, como plantas dos pés, ou nos pontos de fricção, entre o pé e o tênis ou o pé e a meia. 

São causadas por diversos fatores, entre eles: atrito entre tênis e pé, tênis novo (ainda não amaciado) e umidade excessiva nos pés.

Se a bolha apareceu, o melhor é calçar os chinelos por uns dias, assim você dá tempo para que a pele se recupere. Se a dor é grande e a vontade de colocar o tênis novamente é maior ainda, siga nossas dicas para se livrar do incomodo:

 

1. Lave a bolha com água e sabão e só então fure, com a ajuda de uma agulha, e esvazie com delicadeza.

2. Utilize uma agulha esterilizada com álcool, para evitar inflamações.

3. Não aqueça a agulha no fogo, isso podo liberar partículas de carbono, que podem causar inflamações.

4. Não remova a pele. Use um esparadrapo ou uma gaze para proteger a região da bolha e evitar bactérias.

5. Troque o curativo diariamente.

6. Se o local ficar inchado, muito avermelhado ou se aparecer uma secreção, procure seu médico pois o ferimento pode ter infeccionado.

7. Quando for treinar, mantenha o esparadrapo firme para evitar que a região da bolha se movimente e ela se solte.

8. Depois de alguns dias a pele da bolha terá secado e sairá sozinha.

Obs.: Não esvazie a bolha se você for diabético ou tiver varizes.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *