Calor assombrando os treinos

 

Post 58 - b

 

 

As últimas semanas do verão tem sido de calor extremo em quase todo país. 

As temperaturas, com médias de 30º a 34ºC, tem dificultado muito os treinos de diversos esportistas. Gerando uma sensação de sobrecarga, ocasionada pelo esforço do corpo em tentar regular a temperatura interna, o clima acaba comprometendo o rendimento durante competições e treinamentos.

 

Post 53 - a“No calor meu desempenho é bem diferente do inverno. Fico cansada muito mais rápido.”, conta Renata Bittar, 32 anos, corredora assídua e responsável pelo marketing da Track&Field. “Procuro treinar de boné e em horários que o sol não esteja tão intenso. Bebo água nos intervalos do treino e tomo isotônicos para repor os sais perdidos.”, complementa.

Os cuidados de Renata são essências para treinos nessas condições climáticas. Especialistas indicam alguns outros cuidados importantes:

  • Altere o horário do seu treino
    Mude para antes das 09h00 ou após as 18h00. Nesse horário o calor não costuma ser tão forte.
     
  • Prefira correr em locais arborizados
    Parques são áreas muito mais frescas que avenidas.
     
  • Use a roupa certa
    Roupas leves e claras não retém o calor. Prefira tecidos como o thermodry, que possue rápida secagem e garante o conforto térmico.
  • Cuidado com a desidratação
    Com o calor, a perda de água e sais minerais do corpo é maior, consequentemente sua reposição também tem que ser. Beba líquidos a cada 20 minutos de atividade e use isôtonicos para repor os sais minerais e carboidrátos. Hidrate-se também antes e depois do treino. Consuma frutas ricas em água como a melancia, melão e sucos de frutas. A maçã é uma ótima opção pois repõe a água e a glicose perdidas e é absorvida rapidamente pelo corpo.
     
  • Proteção ao sol
    Mesmo em dias nublados e de mormaço os raios ultravioletas estão presentes, por isso não dispense o protetor solar. Além de proteger sua pele ele a mantém hidratada. O uso de bonés também é indicado. Prefira os de cores claras e abas mais longas que conseguem proteger também a área do colo.
     
  •  Diminua a intensidade e o tempo do aquecimento
    Dê prioridade ao alongamento, antes e depois do treino, para evitar possíveis lesões.

  • Preste atenção aos sinais
    Pulso fraco, tonteira, rosto vermelho, pressão arterial baixa e disturbios visuais são sinais de estresse térmico e indicam que talvez seja melhor parar, descansar e hidratar-se. Forçar a barra pode causar cãibras e choques térmicos.


 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *