Os homens e os transtornos alimentares

 

Post 49 - aDoenças como a anorexia nervosa e a bulimia não são, como muitos pensam, exclusividade das mulheres. Pelo contrário, o índice de homens com obsessão pela perda de peso tem aumentado significativamente.

Preocupados com sua imagem e em busca do padrão de beleza imposto pela sociedade, cada vez mais homens adotam dietas radicais, deixam de comer e chegam a provocar o próprio vómito. 

A anorexia nervosa é marcada pela perda de peso excessiva, utilização de purgantes, inibidores de apetite e excesso de exercícios. Já na bulimia há ciclos de ingestão descontrolada de comida, seguidos pela indução do vómito.

A maior incidência está na faixa dos 18 e 26 anos e os casos são mais frequentes entre atletas que dependem de um peso mais baixo para melhorar seu desempenho como bailarinos, ginastas, corredores, nadadores e jóqueis. 

O tratamento dessas doenças é multidisciplinar e envolve psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, entre outros profissionais. São Paulo possui o maior ambulatório para o tratamento de transtornos alimentares da América Latina, o Ambulim – Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que atende desde 1992 e possui um ambulatório exclusivo para o tratamento de homens.

Não seja relutante em aceitar a doença e procurar ajuda. Fique ligado nos sintomas:

  • Diminuição do impulso ou do funcionamento sexual
  • Redução dos níveis de testosterona
  • Depressão
  • Irritabilidade
  • Insônia
  • Dores musculares
  • Cãibras
  • Inflamações na garganta
  • Vómito com sangue
  • Fraqueza

 

*Telefone para contato do Ambulim: (11) 3069-6975

Imagem: Revista Men’s Health

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *