Histórias de Run Series

Bruno Ogata tinha um objetivo definido para sua participação na primeira etapa do Track&Field Run Series Shopping Anália Franco: completar o percurso da prova de 10 km em menos de 50 minutos.

Quer saber se o atleta conseguiu? Então leia sua história:

“Estou treinando há pouco mais de um ano e meio e participando de provas há um ano. A corrida é algo que hoje já faz parte da minha rotina.

Na verdade estava me programando para participar da etapa do Track&Field Run Series Shopping Villa-Lobos, mas decidi trocar, afinal, não é todo dia que temos eventos de corrida na zona leste.

Na semana da prova já comecei a realizar meus rituais de não comer carne vermelha e, claro, treinar bastante para estar bem no dia do evento. O sábado foi um verdadeiro “day off”: busquei o kit atleta na loja e deixei de treinar com meus amigos na USP para que no dia seguinte estivesse 100% descansado e preparado. Acabei indo dormir à meia noite e antes de deitar ainda vi no Twitter que outro #twittersrun, o Alexandre Abreu (@abreutax), também estaria lá! Detalhe: eu o conhecia apenas pelo Twitter.

Às 07:00 horas já estava no local da prova, trocado, tudo checado e nada de encontrar o Alexandre. Acabei encontrando outros amigos e eis que durante o papo o Alexandre me encontra. Nos cumprimentamos e tiramos uma foto para registrar o momento.

Post 102 - bAlexandre Abreu e Bruno Ogata

Pouco antes de ir para a largada percebi que haveriam alguns “coelhos” para ajudar a definir o ritmo da prova. Procurei prontamente pela camiseta que dizia “RITMO: 5’00”/km”. Fiquei ao lado dele, pois sabia que assim era certo que eu alcançaria meu objetivo. Ele seria minha referência.

Na hora da largada o “coelho” simplesmente disparou e eu, disparei também.

Logo de cara tivemos que encarar a ladeira na lateral do shopping. Quando comecei a subida já pensei na técnica de encurtar os passos e acelerar o número de passadas. Depois de alcançar o primeiro quilômetro vi que o relógio marcava o tempo de 4’50”. Fiquei tranquilo pois estava dentro. Agora era só manter o ritmo até fechar a prova.

A cada quilômetro que passava eu começava a não acreditar no que estava fazendo, pois estava sendo muito natural e tudo abaixo de 5’. Passei os 5 km com 23’33”.

E lá veio a subidinha de novo. Dessa vez eu resolvi respeitá-la e segurei o ritmo. Agora faltava pouco!

Quando cruzei a linha de chegada dei um berro tão alto que até o locutor da prova emendou um: “Ai Brunão!”. Depois disso, só lembro que olhei pro relógio e vi 47’38” e então comecei a chorar muito por ter atingido minha meta. Pensei em muitas coisas ao mesmo tempo, nos vários amigos, no esforço pra chegar ate lá, entre tantas outras coisas.

Fiquei uns cinco minutos chorando na grade, sozinho. Na hora de retirar a medalha ainda encontrei o “coelho” dos 5 minutos e o agradeci. Ele ficou bastante contente e me parabenizou depois que contei que bati meu recorde graças a ele.

Aproveitei a estrutura do evento e ganhei um ótimo alongamento e uma massagem de dormir na maca. Tirei foto e fiquei ali viajando alguns minutos meio desacreditado. A verdade é que achava que poderia baixar os 50minutos, porém em segundos, não em dois minutos e meio! Fiquei realmente muito feliz.

As metas para o próximo ano já estão traçadas e eu sinceramente não sei até aonde conseguirei chegar,  só sei que sempre haverão metas a serem batidas.”

Post 102 - aBruno comemorando sua conquista

4 respostas
  1. Alexandre Abreu says:

    Ficou show o relato. Mais uma vez te parabenizo pela 1 conquista de várias que virão no mundo da corrida.
    Foi muito bancana conhecer um cara simpático como você.
    Obrigado pela menção.
    Um forte abraço e como diz o @eduardo_acacio Ex-amigo virtual para amigo de verdade.
    abs
    Track,
    Eu não falo mais nada kkk já postei o quanto amei a prova e toda minha familia.
    abs

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *