Avaliação do tênis Newton

Post 73

Fábio Bérgamo, um dos atletas que convidamos para testar o tênis Newton, nos enviou seu veredito final. Confira:

“O tênis Newton tem uma proposta inovadora para que o corredor possa aproveitar melhor a biomecânica, estimulando a utilização da região do ante pé no momento da aterrissagem da passada.

Fiz todos os testes que pude seguindo as recomendações feitas por Ian Adamson, diretor de pesquisa e ensino da Newton Running, e também aproveitei os 10 mandamentos de uma corrida melhor. A principal dica foi começar com distâncias pequenas para que o pé, a musculatura da perna e o corpo se adaptassem ao novo tênis. Credito a esse cuidado o fato de não ter tido nenhum desconforto durante, nem após os treinos.

Logo ao pegar o Newton nas mãos é possível perceber que é um tênis muito leve, e ao calçá-lo, o ajuste nos pés foi perfeito.

Fiz treinos de 5k a 12k com intensidade leve, média e alta. Também fiz treinos de velocidade (tiros) e não senti dor alguma. Realmente o Newton estimula que você utilize mais a região do ante pé para aterrissar e impulsionar a passada. Com isso é possível ter uma maior cadência de passadas, reduzir o tempo de contato do pé com o solo e melhorar o desempenho na corrida.

Minha adaptação com o Newton foi muito boa. Adorei o tênis e estou gostando de correr utilizando o ante pé na aterrissagem da passada. Essa mudança tem me ajudado a reduzir os tempos nos treinos. Quer benefício melhor?”

5 respostas
  1. Humberto Alitto says:

    Excelente comentário do Fábio. Eu comprei o Gravity em Dezembro, tão logo chegou na T&F do Iguatemi. Saí da loja e fui fazer um treino no Ibirapuera de 14KM. Aqueci 2K com o Gravity, saquei qual era das passadas e biomecanica perfeita. E já estiquei pros 14KM. Não aconteceu nada de ruim. Pelo contrário, é um produto excelente. Em Janeiro comprei o Isaac, que adotei para treinos mais longos por conta do suporte que ele oferece (tenho leve pronação). E o Gravity uso em treinos de tiro. Comprei o modelo Race para competições que é muito bom e muito leve. Em suma, a tecnologia Newton é revolucionária e estou muito contente com estes modelos que não abro mão. Parabéns a T&F por trazer esta excelente novidade ao Brasil. Abraços. Humberto.

    Responder
  2. Leo says:

    De 2008 pra cá já usei uns 7 pares de newtons incluindo na lista os Gravitas, Distância e um Momentum. Apesar de ter pronação como quase toda a população, sempre usei os modelos para pisada neutra e nunca senti falta de suporte, mesmo nas maratonas. O primeiro modelo que comprei com suporte foi o Momentum, usado pelo Ian na palestra sobre os tênis. Confesso que achei estranho, e o tomei como um tênis mais voltado pra quem nunca correu no ante pé e quer migrar pros newtons. Uso este par para terrenos acidentados mesmo. Pro asfalto, os distancia e os gravitas são imbatíveis. As outras marcas que me desculpem.

    Responder
  3. João Bosco Barbalho says:

    Comprei, na track&field, o modelo all-terrain trainer, único disponível da minha numeração. Corri 26km (teste), ao final senti dores nos tendões. Mas gostei do tipo da pisada. Recomendo.

    Responder
  4. Ricardo Vargas says:

    Estou me prepando para usar um Newton. Corro com a ante pé com um Mizuno Endevor. Para meu espanto em apenas 3 corridas de 10km baixei significativamente o meu tempo. Na primeira corrida senti dores na panturrilha, mas agora a dores são menores. Eu realmente não tinha atentado para o “correr” com o ante pé. É muito melhor. Só estou esperando entrar uma graninha para eu comprar um Newton. Mas fica uma dúvida para quem poder me ajudar. Qual modelo é o melhor para mim. Corro 4 vezes por semana; Cada corrida 10km; Tenho pisada neutra; Costumo correr apenas no asfalto.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *