Posts

Pratique Esportes Viajando com a TF Trips!

Explore novos roteiros.  Conecte-se com a natureza, através do seu esporte.  Equilibre corpo e mente. Deixe o mundo ser uma extensão de você mesmo. Você está a um passo de transformar as suas viagens em experiências inesquecíveis.

Convidamos você a sair do lugar comum. Queremos fazer parte das suas melhores experiências esportivas, em diferentes lugares, priorizando bem-estar e contato com a natureza, em roteiros incríveis.

Montamos 23 pacotes de viagens exclusivos, para 12 países, alguns conhecidos, mas nunca explorados como propomos, e outros que são verdadeiras novidades.

Vá com nossos grupos ou monte o seu próprio roteiro com a sua data, e escolha a uma atividade: da corrida à bike, da yoga ao surf, do trekking à escalada, ou apenas relaxe em meio à natureza, em uma viagem ativa.

Nós tomamos conta de todos os detalhes para que seja uma experiência inesquecível: pensamos nos melhores roteiros e escolhemos os melhores hotéis, com selos de qualidade e certificados de baixo impacto ambiental, além do serviço de primeira linha, prezando pelo seu conforto e comodidade.

 

Conheça os destinos mais marcantes do mundo e os roteiros que escolhemos para você:

 

Costa Rica

Conecte-se com a natureza exuberante da Costa Rica por meio de atividades em terra e água. São dois roteiros diferentes, que incluem: caminhada, passeio de bicicleta, boia cross, arvorismo, stand up paddle, snorkel e trekking. Confira os destinos:

  • Rio Perdido
  • Península Osa

 

Peru

Conheça as impressionantes paisagens naturais do Vale Sagrado dos Incas e entre em contato com a cultura andina, desbravado cenários históricos através de trekking nas montanhas, pedalada, cavalgada e zip line. Os destinos são:

  • Salkantay to Machu Picchu
  • Lares to Machu Picchu

 

Chile

Desbrave o cenário natural riquíssimo do Chile, fazendo desde caminhadas nos bosques de árvores centenárias, a raftings nos rios de água de degelo e corridas em estradas, para iniciantes ou experientes. Pratique essas modalidades nos seguintes destinos:

  • Atacama
  • Futaleufú
  • Patagônia
  • Rio Barraco

Argentina

Pedale em terreno montanhoso e sobre o asfalto, com vistas maravilhosas de lagos calmos e montanhas com picos nevados. O roteiro conta com a região dos Lagos Argentinos, um dos cenários naturais mais belos do mundo.

Brasil

Trilhas desafiadoras, biking na estrada e na areia, passeio de lancha, canoagem, banho de cachoeira, caminhadas tranquilas em praias paradisíacas. Qual roteiro faz mais o seu estilo? Da aventura ao extremo relax, da praia às montanhas, escolhemos destinos que atendem a todos os seus momentos. Escolha um deles:

  • Chapada Diamantina
  • Cunha
  • Fernando de Noronha
  • Península de Maraú
  • Pipa
  • Saco do Mamanguá
  • Serra do Cipó

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Islândia

Desbrave um dos países mais diferentes do mundo sobre a bicicleta. Pedale por trilhas, solo solto e pedras, acompanhando incríveis cenários naturais, como glaciares, vulcões, lagos azuis e oásis como pano de fundo, nas regiões de Reykjavík e Terras Altas.

Portugal

Conheça, pedalando, uma das regiões mais charmosas de Portugal, visitando diversas cidades bucólicas no centro-sul do país, com cenários campestres. Além de se exercitar, fique em ótimos hotéis e desfrute de deliciosas refeições com os sabores e vinhos locais, na região de Alentejo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Noruega

Corra sob o sol da meia-noite, em uma das provas mais tradicionais da Noruega: Midnight Sun Marathon. Além da experiência esportiva, a região de Tromso é cenário de fenômenos naturais, como auroras boreais, e conta com o jardim botânico mais setentrional do mundo. Atrações de sobra para os esportistas e amantes da natureza.

Sri Lanka

Embarque em um retiro yogui, em Netolpitiya, no Sri Lanka. Hospede-se em um verdadeiro santuário e dedique-se às práticas de yoga diárias, com acompanhamento de especialistas da medicina ayurvédica, meditações com monges budistas e sessões de acupuntura.

 

Camboja

Pedale progressivamente por entre os principais templos do Camboja, em Siem Reap, e mergulhe na cultura local conhecendo Angkor, um enorme complexo de ruínas, que é Patrimônio Cultural da UNESCO, desde 1992. Aproveite o tour na cidade simpática para conhecer os restaurantes e cafés tradicionais, ao redor do Rio Siem Reap.

Nicarágua

Sinta o imenso poder curativo do yoga em um dos últimos grandes santuários ecológicos da América Central, na Nicarágua, ao norte da fronteira da Costa Rica. Entre em contato consigo, com a natureza – em uma selva protegida e praias paradisíacas, e com a comunidade local. Vivencie muito relaxamento, tranquilidade e saúde.

 

Japão

Desbrave uma das mais antigas e relevantes trilhas de peregrinação do mundo, conhecida como Kumano Kodo. Visite lugares sagrados, diversos templos budistas e xintoístas e viva experiências autênticas, em um dos destinos menos explorados pelo público internacional. Permita-se aventurar-se nessa viagem profundamente transformadora e única, em Kumado Kodo Trek.

Escolha a sua atividade e roteiro favoritos!

Acesse TFTRIPS.COM.BR e conheça nossos pacotes de viagem exclusivos, ou fale com nossos consultores especializados: (11) 3061-1575.

 

3 dicas para correr com conforto no frio de inverno

As baixas temperaturas costumam atrapalhar a sua planilha de treino? Nós pedimos para o Professor de Educação Física Marcos Cunha [CREF: 027841 – RJ] listar três dicas para você deixar a preguiça de lado e não perder o ritmo no inverno.

Vestuário

Apesar da vontade de se proteger completamente das baixas temperaturas, o ideal é começar o treino com um pouco de frio. “Eu não recomendo usar muita roupa, pois isso pode acentuar o processo de desidratação”, diz Marcos. “Com exercícios de aquecimento, o corpo já atinge o conforto térmico”.

Prefira peças que permitam a troca de calor com o ambiente e tenham secagem rápida, como as camisetas com tecnologia Thermodry® e calções Ultramax Stretch®, da Track&Field®, para manter o corpo seco e com a temperatura estável.

Metas

Apesar de o frio ser culpado pela preguiça, o rendimento em atividades aeróbicas aumenta durante o inverno. “Temperaturas entre 18 e 20 graus são excelentes para uma boa performance esportiva”, diz Marcos.

Mas se nem o aumento de performance funcionar como um estimulante para deixar as cobertas de lado, definir metas é uma boa tática para não perder o pique no inverno. “Tenha como objetivo reduzir determinado peso no mês ou percorrer certa distância correndo ou caminhado por mês ou semana”, exemplifica.

Indoor

Se o frio for realmente o seu maior inimigo, ainda existe a opção de correr em locais fechados. “Treinar na esteira pode trazer o mesmo resultado do que na rua, desde que a intensidade e o volume sejam os mesmos”, diz Marcos. O professor ainda sugere dar prioridade a treinos mais variados e dinâmicos na esteira, para trazer mais motivação e dinamismo à atividade.

Treino de caminhadas e corridas para os primeiros 10km

Se você já correu 5 km e agora quer um desafio maior, é hora de mirar nos 10 km. Segundo o Professor de Educação Física Marcelo Cruz [Cref: 092817- G/SP], por segurança, recomenda-se fazer exames com um cardiologista para diagnosticar possíveis restrições. Assim que o médico liberar, você pode partir para os treinos.

O ideal é separar três dias alternados na semana para treinar as corridas e caminhadas. O volume deve crescer de forma gradativa e segura, aumentando de 500m a 1 km por semana até chegar aos 10 km. Marcelo ainda recomenda que o tipo de treino também seja alternado. Dessa forma, você recebe diferentes estímulos e tem uma progressão mais rápida.

Confira a seguir um exemplo básico para estrear na nova distância:

 

Segunda-feira: 10′ caminhada/trote + 5 km médio +500m forte + 500m fraco

Quarta-feira: 10′ caminhada/trote + 2 km forte + 2 km médio + 2 km fraco

Sexta-feira: 10′ caminhada/trote + 1 km forte + 1 km fraco (repetir 3x)

 

É importante lembrar que recomendamos o acompanhamento de um profissional de educação física ou personal trainer para garantir os melhores resultados.

Que tal começar os treinos desde já para participar das próximas etapas do Track&Field® Run Series? Confira o calendário de corridas completo aqui e bom treino!

Treino preparatório para iniciantes nas corridas de rua

Se você quer entrar para o universo das corridas de rua, saiba que é preciso preparar o corpo com antecedência. Dessa forma, terá mais chances de conseguir realizar toda a prova com melhor performance e sem prejudicar a saúde. Pensando nisso, conversamos com o professor de Educação Física Marcelo Cruz (Cref: 092817- G/SP), nosso parceiro do P5Trainer, e selecionamos as melhores dicas para quem deseja começar.

Antes de partir para a ação, é necessário saber calcular sua frequência cardíaca máxima (FCM). A partir do valor encontrado, é possível saber a faixa de trabalho que deve ser mantida durante a corrida e, consequentemente, os limites do seu corpo. Para encontrar a sua, subtraia sua idade de 220 (Exemplo: se tiver 35 anos faça 220-35=185). O resultado equivale à quantidade de batimentos por minuto, ou seja, sua frequência cardíaca máxima.

É importante salientar que cada indivíduo pode ter resultados diferentes de frequência cardíaca máxima (FCM), independente da idade. O resultado exato pode ser obtido com o auxílio de um médico cardiologista, portanto, recomendamos uma consulta antes de começar a treinar.

Tendo o FCM definido, é hora de se jogar no treino. Para iniciantes, 3 dias por semana são suficientes para treinar. Comece a se preparar com, pelo menos, 1 mês de antecedência à prova, intercalando os treinos abaixo:

Semana 1

Dia 1: 40 min de caminhada rápida.

Dia 2: 10 min de caminhada rápida + 10 min de trote + 10 de min de caminhada rápida.

Dia 3: 50 min de caminhada rápida.

Semana 2

Dia 1: 10 min de caminhada rápida + 15 min de trote + 10 min de caminhada rápida.

Dia 2: 20 min de caminhada rápida + 12 min (alternando 1 min de corrida leve com 2 min de trote) + 10 min de caminhada rápida.

Dia 3: 20 min de caminhada rápida + 24 min (alternando 2 min de trote com 2 min caminhada rápida) + 15 min caminha rápida.

Semana 3

Dia 1: 10 min de caminhada rápida + 20 min de trote + 10 min de caminhada rápida.

Dia 2: 10 min de caminhada rápida + 20 min (alternando 2 min de corrida leve com 3 min de trote) + 15 min de caminhada rápida.

Dia 3: 15 min de caminhada rápida + 30 min (alternando 3 min de corrida leve com 2 min de trote) + 15 min de caminhada rápida.

Semana 4

Dia 1: 10 min de caminhada rápida + 27 min (alternando 3 min de caminhada rápida com 3 min de trote com 3 min de corrida leve) + 10 min de caminhada rápida.

Dia 2: 10 min de caminhada rápida + 30 min de trote + 10 min de caminhada rápida.

Dia 3: 10 min de caminhada rápida + 32 min (alternando 5 min de corrida leve com 3 min de trote) + 10 min de caminhada rápida.

É importante lembrar que recomendamos o acompanhamento de um profissional de educação física ou personal trainer para garantir os melhores resultados.

Que tal começar os treinos desde já para participar das próximas etapas do Track&Field® Run Series? Confira o calendário de corridas completo aqui e bom treino!

 

Corrida e os Benefícios das Atividades Físicas

Há uns 5 anos atrás eu estava 15kgs acima do meu peso, por isso recorri a um personal trainer que montasse uma planilha de exercícios aeróbicos específicos para mim. Nessa planilha o meu ponto forte sempre foi a corrida. Quando  consegui completar meus primeiros 10km meu personal me sugeriu colocar uma meia maratona como desafio. Depois que completei a minha primeira meia, a ”internacional de Florianópolis” ( ao lado do meu personal), a corrida passou a se tornar parte da minha vida e a perda de peso foi apenas uma consequência.

Desde 2011, já corri 8 meias, 1 maratona algumas provas de 10 milhas, provas de revezamento como a XC run Búzios, provas de 5km para treinar a velocidade e hoje estou treinando para minha segunda maratona, a de Paris.
Hoje a corrida já faz parte da minha rotina, e tem uma grande contribuição no meu bem estar e na minha auto estima. Com a corrida consegui atingir um equilíbrio na alimentação, perder 15kgs e reduzir pelo menos metade da minha ansiedade. Corro por prazer, não por obrigação, já se tornou algo essencial na minha vida, a dose de endorfina e serotonina que o esporte proporciona, não tem preço!

A corrida vai muito além do ato de correr, é um esporte que além de tudo é mental, às vezes brinco que a gente corre com a cabeça e as nossas pernas obedecem. O esporte ensina que a sua cabeça pode ser sua maior aliada em qualquer circunstância da vida, que o impossível não existe, ele é apenas temporário. As atividades físicas nos mostram que o sofrimento é apenas momentâneo e ajuda a ter persistência para vencer os obstáculos na nossa vida.
Em qualquer lugar que eu esteja, carrego comigo um par de tênis e o meu Garmin.

Se quer começar a criar este hábito saudável,  junto a um treinador monte uma planilha, coloque as metas no papel e vá em frente. No começo a corrida pode ser um pouco entediante, mas depois que você começa a ver sua evolução, tanto física quanto mental, torna-se impossível de parar!

Hoje digo com a maior certeza, a corrida mudou minha vida, em todos os sentidos!

Maria Rocha 

Embaixadora Track&Field®

 

A Respiração Correta na Corrida

 

Respirar corretamente contribui e muito para o sucesso na corrida, isso porque quando corremos, nosso corpo tem que fornecer constantemente oxigênio aos músculos para que eles possam ter energia e providenciar a força necessária. E, para isso, nossos pulmões têm que trabalhar mais e de forma eficiente para absorver a maior quantidade possível de oxigênio, que supra não somente as necessidades fisiológicas do corpo, como a imposta pelo esforço da atividade.

E o que significa respirar corretamente? Significa respirar da forma mais natural possível, seguindo as necessidades do corpo.

Teoricamente, a melhor forma de respirar é pelo nariz, pois o ar entra nos pulmões aquecido e filtrado. Porém, durante a corrida, dependendo do nível de condicionamento do praticante e da intensidade, muitas vezes é necessário usar a boca tanto na inspiração, para permitir uma maior entrada de oxigênio, como na expiração, para uma maior liberação de dióxido de carbono.

Sendo assim, combine inspirações e expirações pelo nariz e pela boca de acordo com a necessidade do seu corpo.

Mas, existe uma técnica comprovada que pode melhorar a captação do ar e aumentar a oferta de oxigênio para os músculos e melhorar o desempenho. Tal técnica é a respiração abdominal focada no diafragma, ao invés do pulmão.

Outro aspecto a ser abordado é a importância de estabelecer um ritmo respiratório, a fim de obter e eliminar constantemente a quantidade ideal de ar.

 

 

Por fim, uma questão inconveniente: a dor lateral no abdômen.
Embora ainda não se saiba a causa precisa, muitos especialistas acreditam que tenha relação com a perda do ritmo respiratório, pois esta perda pode gerar uma sobrecarga no músculo diafragma provocando espasmos e consequentemente dor. Mas existe ainda outra teoria de que correr com má postura pode comprimir nervos que vão da parte superior das costas até o abdômen ou ainda aumentar a fricção sobre o peritônio (membrana que circunda a cavidade abdominal), causando essa dor.

Independentemente da causa, o aconselhado para aliviar a dor é diminuir o ritmo e fazer respirações profundas e controladas. E, na dúvida procure melhorar a postura, pois será importante não só para a corrida, como para a sua vida.
*por Clarice Penna Firme | Bodytech

 

Os melhores horários para praticar corrida ao ar livre

 

Cada corredor possui suas preferências de horário, já que, sem dúvida alguma, existe uma tendência do nosso corpo a render mais no período em que ele já está acostumado a treinar.

 

Mas, independentemente do ritmo de vida que cada um leva e dos hábitos pessoais, há alguns fatores que devem contribuir para a definição do turno mais adequado ao treino ao ar livre.

 

O principal deles é o clima. Por vivermos em um país tropical, a temperatura e a umidade influem diretamente no seu rendimento. Muito provavelmente, o sol poderá ser um grande inimigo da sua corrida.

 

Outros fatores têm a ver com as condições do nosso próprio organismo ao longo do dia.

 

Leia abaixo algumas vantagens e desvantagens de cada período:

Manhã:
Vantagens:
– Evita que possíveis contratempos e compromissos te impeçam de fazer o treino;
– Condições climáticas mais favoráveis;
– É o horário em que a grande maioria das provas acontecem.
 

Desvantagens:
– A temperatura corporal está mais baixa, o que provoca uma certa rigidez muscular;
– Os níveis energéticos estão mais baixos;
– A função pulmonar está menor.

 

 

Almoço:
Vantagens:
– Melhora significativa da temperatura corporal e da função pulmonar;
– Maiores níveis energéticos, tendo como pressuposto uma alimentação adequada;
– Quebra da rotina, o que alivia o estresse e pode até favorecer seu desempenho e concentração no trabalho.
 

Desvantagens:
– Forte incidência dos raios solares;
– Tendência a não almoçar adequadamente.
 
Tarde/noite (o início da tarde é apontado pela maioria como a melhor hora do dia, pois é quando ocorrem os maiores níveis de performance)
Vantagens:
– Concentração maior dos níveis hormonais;
– Temperatura corporal mais elevada;
– Reservas energéticas maiores;
– Maior capacidade pulmonar (segundo pesquisa do Long Island Jewish Medical Center, em New York, a função pulmonar nesta hora do dia é 6% superior quando comparada a outros períodos)
 

Desvantagens:
– Acúmulo do estresse diário, que pode ser até agravado pela atividade, causando o cancelamento do treino;
– Qualidade do ar pior, em função da grande quantidade de gás carbônico na atmosfera.

 

 

 

por Eduardo Netto, diretor-técnico da rede Bodytech

 

5 músicas pra começar Fevereiro Motivado

A música sempre esteve muito presente nos nossos dias. Na corrida matinal, pela cidade ou na academia depois de um dia longo de trabalho. Música também é sinônimo de alegria e motivação!

 

Não há outra forma mais divertida e motivadora de começar Fevereiro com uma playlist pra dar aquele gás no treino. Confira as TOP 5 tracks do mês. Alguma delas está na sua playlist?

 

 

 

 

 

Playlist de Novembro by Dj Gasparian

A playlist dessa semana é assinada pelo Dj Ronaldo Gasparian, que há mais de 20 anos bomba as pistas mais concorridas do Brasil com seus sets eletrizantes.

Suas playlists são excelentes para quem busca músicas que fazem todo mundo pular e suar, é cada uma mais animada que outra, por isso escolhemos esse set para bombar seus treinos.

Além de dar um up no seu treino, ouvir músicas enquanto pratica atividades físicas (seja correndo ou na academia), te mantém motivado e focado, não dando espaço para perder a concentração.

Você pode baixar e transferir para o seu player no site do Dj. Clique aqui.

 

Confira o setlist:

Running Set – Dj Ronaldo Gasparian  (DOWNLOAD).
Calvin Harris Feat. John Newman – Blame (Lucky Logic Remix)
Alesso Feat. Tove Lo – Heroes (We Could Be) (Chris Davies Remix)
Cash Cash Feat. John Rzeznik – Lightning (Edx’s Miami Sunset Remix)
John Dahlback Feat. Rebecca & Fiona – Honors (Original Mix)
Helena Feat. Shawnee Taylor – Levity (Fareoh Remix)
G.R.L – Ugly Heart (Dave Aude Club Mix)
Icona Pop – Get Lost (Hedegaard Remix)
Cascada Feat. Tris – Madness (Cj Stone Remix)
Arty Feat. Angel Taylor – Up All Night (Lenno Remix)
Bebe Rexha – I Can’t Stop Drinking About You (Otto Knows Extended)
Ellie Goulding – Beating Heart (Steve James Remix)
Kaskade – Floating (Steve James Remix)
Style Of Eye & Lars Allertz – Love Looks (Extended Edit)

 

 

 

Créditos:

Mixed by DJ Ronaldo Gasparian @ Studio Gasparian – SP – Brasil
www.facebook.com/djronaldogasparian
www.instagram.com/gasparian

 

Foco na playlist! As melhores músicas para turbinar seu treino

 

A melhor companheira de todo atleta é uma lista de músicas. Independente do ritmo ou estilo musical, todo hit faz o treino ir muito mais longe, com mais foco e diversão. É comprovado que treinar com a ajuda dos fones de ouvido melhora o treino. Dá uma olhada nos benefícios:

 

–       Deixa seu humor lá em cima, dá mais motivação e reduz a sensação de cansaço.

–       Concentra sua energia nas atividades.

–       Aumenta a concentração e o foco.

–       Faz o treino ficar mais leve e natural.

–       Eleva sua performance.

 

Quer tudo isso, mas não sabe o que colocar na sua playlist do treino? Nós separamos algumas das músicas mais tocadas nas academias para agitar suas atividades e fazer você malhar muito mais disposta. Dê play e bora malhar!

 

1. Calvin Harris – We’ll Be Coming Back

 

Alta energia, vibração e bom humor são sinônimos dos hits do Calvin Harris. Dê o play nesse sucesso e esqueça todos os momentos negativos do seu dia.

 

2. Fort Minor – Remember The Name

 

O que não falta em Jay Z é atitute e, para treinar, você também vai precisar de muita. Concentre sua atitude, seu foco e sua performance no esporte com esse hit!

 

3. Kanye West – On Sight

 

Algumas músicas transportam a gente para um ambiente positivo e motivador. Essa música vai transformar o treino neste lugar. Corre pra lá e go workout!

 

4. The Black Keys – Lonely Boy

 

Para os fãs de um rock mais atual e dançante, Black Keys. O único efeito negativo desta música é que você vai querer dançar na academia inteira.