Posts

#SPOTTF Fortaleza | 4 spots arquitetônicos da cidade para treinar

Não é só de praia que a capital do Ceará é feita. Repleta de história e cultura, Fortaleza reúne construções que misturam diversos tipos de estilos arquitetônicos. Do antigo Cine São Luiz ao novíssimo Centro Dragão do Mar, a cidade tem spots imperdíveis para apreciar e usar como cenário de treino. Confira 4 deles e se inspire durante os treinos realizados em Fortaleza.

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

O cenário mais inspirador da capital leva o nome de um pescador que lutou contra a escravidão no Ceará. O Centro abriga o Memorial da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, um planetário e salas de cinema e teatro. Aproveite a visita obrigatória ao local para correr pelas vielas distribuídas pelo complexo.

Theatro José de Alencar

Mais do que um teatro, o local reúne salas de espetáculos, pátio interno e jardins com paisagismo de Burle Marx. A fachada metálica, um raro exemplar da arquitetura de ferro no Brasil, tem vitrais art-nouveau multicoloridos. Dica: admire o cartão-postal da cidade enquanto faz um treino funcional na Praça José de Alencar!

 

Cine São Luiz

Localizado na Praça do Ferreira, no centro histórico de Fortaleza, o cinema, concluído em 1958, tem elementos neoclássicos e art déco em sua arquitetura. Um verdadeiro tesouro da capital. Depois de um treino funcional, vale uma visita para conhecer mais uma beleza histórica da cidade.

Farol do Mucuripe 

Erguido por escravos, o farol foi desativado nos anos 50 e depois tombado e restaurado, em 1982. Hoje abriga o Museu de Fortaleza, cujo acervo é composto de documentos sobre a história da capital cearense. Aproveite o cenário de tirar o fôlego do local para meditar.

 

 

#SpotTF Manaus | Inspire seu treino com esses 4 cenários arquitetônicos

Apesar da proximidade com a Floresta Amazônica, Manaus está muito mais próxima de um centro urbano do que de uma cidade pacata. Assim como a maioria das capitais brasileiras, é repleta de concreto e trânsito, mas seu crescimento acelerado não estragou as construções incríveis dos tempos áureos da borracha.

A arquitetura eclética busca elementos em vários estilos diferentes, mas sabe mesclá-los de forma fascinante. Conheça quatro lugares para se inspirar e treinar motivado durante a visita à capital amazonense.

Teatro Amazonas

Inaugurada em 1896, a construção histórica é um dos maiores pontos turísticos de Manaus. Seu salão tem colunas de ferro francês, e suas pinturas retratam a fauna e a flora amazônicas. Que tal aproveitar a visita e realizar um treino nas escadarias do prédio?

Palácio Rio Negro

Representante do período áureo da Belle Epóque, o palácio foi residência do barão Waldemar Scholz e depois sede do governo estadual. Também da época do Ciclo da Borracha, ele foi tombado como patrimônio histórico estadual em 1980. Observe a fachada histórica enquanto corre pela Av. Sete de Setembro.

Mercado Municipal Adolpho Lisboa 

Um dos símbolos de Manaus, a construção foi influenciada pelo estilo Art Nouveau e lembra o mercado central Les Halles, em Paris. Mas apesar da inspiração europeia, o local é bastante valorizado pelos manauaras, já que reúne produtos típicos da região e artesanatos indígenas. Aproveite a corrida pela orla do Rio Negro e visite o mercado para conhecer ainda mais a cultura local.

Palacete Provincial

Fundado em 1874 e parte do rico Centro Histórico de Manaus, o Palacete abriga cinco museus: a Pinacoteca, o de Numismática, o da Imagem e do Som, o Museu Tiradentes, e o de Arqueologia. Una a visita ao prédio a um treino na Praça da Polícia, em frente.

#SpotTF Salvador | Conheça 4 locais com uma arquitetura inspiradora para treinar

A primeira capital do Brasil é um verdadeiro museu a céu aberto. Além das impressionantes belezas naturais, Salvador concentra alguns locais especiais construídos pelo homem. Confira a seguir quatro spots arquitetônicos para conhecer na capital baiana e inspirar ainda mais seus treinos.

Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat

A arquitetura militar foi uma das primeiras a tomar forma em Salvador. Hoje, apesar de terem outra função, os fortes continuam muito visitados pelos turistas e habitantes da cidade, já que garantem uma visão privilegiada do oceano. Aproveite a corrida pela orla e dê uma passada no Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat, da época do Brasil Colônia.

Casa do Comércio

Projetado nos anos 80, o prédio da Casa do Comércio de Salvador se destaca em meio à arquitetura histórica da cidade. As torres de concreto envoltas pela estrutura de aço e ferro logo se transformaram em atração turística. Que tal aproveitar os jardins ao redor da construção para um circuito funcional?

Pelourinho

Passear pelo Centro Histórico de Salvador é obrigatório para quem visita a cidade. Patrimônio da Humanidade desde 1985, o local reúne igrejas dos séculos 17 e 18 e casarões que abrigam ateliês, lojas, museus, centros culturais e restaurantes. Aqui, uma caminhada ou corrida ganham um incentivo visual histórico.

 

Palácio Rio Branco

A construção foi a sede do governo da Bahia quando Salvador ainda era a capital do Brasil. Uma verdadeira obra de arte, o Palácio, que tem inspiração no estilo neoclássico, merece uma visita minuciosa. Localizado na Praça Tomé de Souza, com sua lateral debruçada na encosta voltada para a Baía de Todos os Santos, o local é ótimo para meditar ou se exercitar.

#SpotTF Porto Alegre | Lugares com uma arquitetura que vai motivar seu treino

Como a maioria das capitais brasileiras, Porto Alegre tem diversos prédios históricos de diferentes estilos arquitetônicos. Selecionamos 4 spots imperdíveis da cidade gaúcha, que aliam cultura e treino, no mesmo cenário.

Palácio Piratini

Sede do governo Estadual, o Palácio Piratini, que começou a ser construído em 1909, tem grande influência neoclássica. Na fachada destacam-se duas esculturas de Paul Landowski, o criador da estátua do Cristo Redentor, símbolo do Rio de Janeiro. Aproveite a Praça Marechal Deodoro, onde ele está localizado, para fazer um funcional com um visual inusitado.

Viaduto Otávio Rocha

Tombado pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre por suas características arquitetônicas e sua relevância sociocultural, o viaduto foi entregue à população em 1932. As rampas de acesso são revestidas de mosaicos de cimento de estilo português e sua parte inferior é ocupada por pequenas lojinhas. Vale incluir o local no trajeto da sua corrida.

Casa de Cultura Mario Quintana

O antigo hotel Majestic hospedou o poeta Mario Quintana de 1969 a 1980, quando o prédio já estava decadente. Sua transformação em Casa de Cultura ocorreu pouco depois, em 1983, e foi aberta ao público em 1990. Os espaços são voltados para cinema, música, artes visuais, dança, teatro e literatura, abrigando oficinas e eventos ligados à cultura. Caminhe pelas áreas da Casa e observe o rico conteúdo do local.

Fundação Iberê Camargo

Projetado pelo português Álvaro Siza, o prédio foi premiado na Bienal de Arquitetura de Veneza. O acervo contém mais de 5 mil peças do pintor gaúcho Iberê Camargo e mostras temporárias de arte contemporânea. Vale visitar o local no fim da tarde e aproveitar para correr na beira do rio Guaíba, onde fica a Fundação, com o belo pôr do sol ao fundo.

#SpotTF Recife | Inspire seu treino com a vista desses 4 spots

As influências holandesa, francesa e portuguesa fizeram da arquitetura de Recife eclética. Passando pelo clássico, o gótico e o barroco, a capital de Pernambuco agrada pelas variações de cores e de estilos. Conheça quatro locais para visitar na cidade e ainda aproveitar para suar a camisa com vistas para lugares únicos.

Foto: Divulgação

Rua do Bom Jesus

Localizada no bairro Recife Antigo, ligado ao resto da cidade por inúmeras pontes, a Rua dos Judeus, hoje conhecida como Rua do Bom Jesus, constitui um importante conjunto arquitetônico. O casario secular e supercolorido é um registro da arquitetura do período holandês no Estado. Vale conhecer o local caminhando ou correndo por seus paralelepípedos.

Foto: Divulgação

Oficina de Cerâmica Francisco Brennand

Além do Parque das Esculturas, próximo à Praça do Marco Zero, a família Brennand também tem outros dois locais na cidade onde expõem suas obras: o Instituto Ricardo Brennand e a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand. Nesta última há pinturas, painéis de azulejos e esculturas. Além de conhecer as obras, vale passear pelos jardins projetados por Burle Marx, ótimos para meditar ou praticar yoga.

Foto: Divulgação

Praça do Marco Zero

Ponto de origem da cidade, a Praça fica no coração de Recife. No centro do local é possível observar a obra Rosa do Ventos, do artista plástico pernambucano Cícero Dias, um dos pioneiros do modernismo no Brasil. É na Praça onde também estão construções seculares, como o edifício da Caixa Cultural Recife, erguido em 1912, onde antes funcionava a Bolsa de Valores de Pernambuco e da Paraíba. Com vista para o mar, o Marco Zero é um ótimo local para meditar ou se exercitar. Frequentemente é possível ver pessoas dançando frevo na Praça.

Foto: Divulgação

Ponte Mauricio de Nassau

Ela foi a primeira ponte de grande porte no Brasil, inaugurada em 28 de fevereiro de 1643, sob a administração do príncipe holandês Maurício de Nassau. A obra liga o bairro de Santo Antônio ao bairro do Recife antigo e é um bom caminho para quem deseja conhecer os bairros de Recife a pé ou de bicicleta, com vista para o Rio Capibaribe.

 

 

#SpotTF Belo Horizonte | 4 cenários de tirar o fôlego

Combinação perfeita entre a natureza e a cidade, Belo Horizonte traz a inspiração que os esportistas procuram. O clima bucólico se mistura com projetos de Oscar Niemeyer, Portinari e Alfredo Ceschiatti, e os famosos jardins de Roberto Burle Marx, criando cenários com personalidade. Confira quatro spots imperdíveis:

Foto: Dilvulgação

Igreja São Francisco de Assis

Projetada por Oscar Niemeyer, a Igreja é considerada um marco da arquitetura moderna brasileira. No exterior dela há um painel de azulejos de autoria de Candido Portinari, representando São Francisco de Assis. Vale correr pela orla da Lagoa e fazer uma pausa para observar os jardins projetados por Burle Marx ao redor da igreja.

Foto: Divulgação

Praça da Liberdade

Construída a partir de 1895, a Praça da Liberdade tem uma arquitetura eclética, mas com influência neoclássica. Com o tempo, incorporou novos prédios, como os modernos Edifício Niemeyer e a Biblioteca Pública, arquitetados pelo próprio Niemeyer, além do Palácio Cristo Rei em estilo Art Decó e o pós-moderno Rainha da Sucata. Atualmente, os prédios que sediavam as Secretarias de Estado abrigam os museus do Circuito Cultural Praça da Liberdade. Um ótimo lugar para correr ou praticar yoga e alongamentos.

Foto: Divulgação

Cidade Administrativa 

Dando um fôlego a mais para a Praça da Liberdade, a Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves foi criada para concentrar os prédios dos órgãos do governo de Minas. Mais uma vez, o projeto foi criado por Oscar Niemeyer, dando vida às construções do local, com curvas, vãos livres e fachadas de vidro. O mais recente cartão postal da capital mineira é ideal para fazer caminhadas e andar de skate, patins ou bicicleta.

Foto: Divulgação

Museu de Arte da Pampulha 

A construção foi o primeiro edifício do Complexo da Pampulha, idealizado por Kubitschek a partir dos anos 40 com o objetivo de modernizar a região. O prédio funcionou como um cassino até 1947, quando o general Gaspar Dutra proibiu a jogatina em todo o território nacional, e passou a funcionar como museu de arte em 1957. Os jardins que circundam o prédio, criados pelo paisagista Burle Marx, são ótimos para praticar yoga ou fazer uma caminhada.

#SPOTTF São Paulo | Lugares arquitetônicos para treinar com uma vista bonita

São Paulo é a cidade das possibilidades, muitos carros, arranha-céus e pessoas. Mas também oferece uma extensa variedade de lugares para comer, visitar e se exercitar ao ar livre. Essa pode ser uma experiência muito enriquecedora, se levarmos em consideração o contexto histórico e cultural dos lugares incríveis que vamos indicar para você praticar atividades físicas:

Marquise do Parque Ibirapuera
A marquise fica dentro do Parque do Ibirapuera, rodeado de natureza, e liga o Museu Afro Brasil, OCA, Pavilhão das Culturas e Bienal, com aproximadamente 620 metros de comprimento. O local é feito de piso de pouco atrito, sendo ótimo para andar de skate, patins e bicicleta.

Foto: Fernando Stankuns

Rapel no Mirante 9 de Julho
O Mirante da 9 de Julho fica atrás de um dos cartões postais de São Paulo, o MASP. É um espaço aberto ao público, com restaurante e café, oferencendo cultura urbana, feiras independentes e muita música. Um grupo de rapel está sempre por lá para a prática do esporte. A vista vale muito a pena e torna a atividade física ainda mais agradável – e radical!

mirante-9-de-julho-divulgação

Foto: Divulgação/Mirante 9 de Julho

Parque da Independência (Museu do Ipiranga)

O parque da Independência é tombado e um marco histórico nacional. O espaço oferece paisagismo inspirado no Jardim de Versalhes, então fazer uma caminhada ou corrida por lá é sem dúvida uma experiência deliciosa e diferenciada.

Foto: Luiz Coelho

Foto: Luiz Coelho

Praça Victor Civita
A Praça Victor Civita fica em Pinheiros e apresenta uma arquitetura moderna, pensada de forma sustentável. Oferece programação cultural, esportiva e de educação ambiental. Conta com vários equipamentos de ginástica e um percurso de 700 metros para caminhada, além de dispor de espaços e aulas para prática de ioga, pilates e alongamento.

Foto: Paulisson Miura

Foto: Paulisson Miura

Que tal se programar e se exercitar nesses lugares incríveis, já essa semana?