6 dicas de nutrição para uma dieta equilibrada e sem restrições.

No Dia Nacional da Saúde e Nutrição, apresentamos nossa nutricionista parceira, Alessandra Feltre (CRN: 13934), que a partir de agora, vai nos ajudar a produzir conteúdos bacanas para nosso blog e redes sociais, mantenho você por dentro das verdades e mitos sobre alimentação, dietas da moda e receitinhas rápidas/ saudáveis para o dia-a-dia.

Atualmente, a rotina corrida e o estresse, aliados ao hábito do brasileiro em consumir alimentos fora de casa, exercem grande influência no comportamento alimentar. Não se come mais com atenção, às vezes se come com pressa e em muitas situações, não sobra nem tempo para se alimentar. Todos estes fatores contribuem para o aumento do consumo de alimentos com alta demanda energética e baixa densidade nutricional, que impactam negativamente no estado de saúde geral e contribuem para o aumento de ganho de peso nesta fase da vida. Com isso, a dica está na alimentação equilibrada e eficiente que garante todos os nutrientes necessários para uma vida longa com saúde e disposição.

Convidamos a Alê pra falar um pouco sobre a importância da nutrição adequada em nossa vida, a fim de garantir um equilíbrio em nossa alimentação e claro, saúde para viver melhor. Dá uma olhada nas dicas dela:

Dica #1:
Aposte em alimentos in natura ou minimamente processados como base da alimentação. Mantenha uma dieta com:
– carboidratos integrais e tubérculos: quinoa, aveia, amaranto, arroz integral, batata-doce, inhame, mandioquinha, cenoura)
– leguminosas como: grão-de-bico, lentilha, feijões, ervilha
– proteínas de alto valor nutricional: queijos, iogurtes, ovos, peixes, aves e carnes magras
– alimentos que são fonte de gorduras boas, como: semente de linhaça, semente de chia, coco fresco, castanhas, abacate, óleo de oliva, óleo de gergelim, óleo de abacate etc.

Dica #2:

Quando estiver fora de casa, leve na bolsa um mix de oleaginosas (castanha de caju, castanha de baru, amêndoas, macadâmia, nozes) frutas secas ou barras de nuts sem adição de açúcares.

Dica #3:
Fique atento (a), pois o açúcar pode ser mencionado de diferentes formas nas embalagens dos alimentos (açúcar, melado/melaço, açúcar de coco, caldo de cana, açúcar mascavo, glucose de milho, sacarose, dextrose, xarope de malte, açúcar invertido, xarope de milho, xarope de guaraná etc). Tudo é açúcar! O importante é ter conhecimento sobre as diferentes denominações e evitar o consumo exagerado.

Dica #4:
Opte por almoçar em lugares que ofereçam boas opções de saladas, cereais integrais e sem frituras. Se puder, prepare você mesmo suas refeições, assim você garante um preparo mais saudável e mantém as porções de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) mais equilibradas.

Dica #5:
Evite petiscar durante o dia, porque muitas vezes não nos damos conta do quanto ingerimos. Beba muita água e sucos naturais, preferencialmente com frutas de baixo índice glicêmico: limão, morango, frutas vermelhas e maracujá, por exemplo.

Dica #6:
No jantar, inclua saladas, sopas ou creme de vegetais no prato, com omeletes preparados com cogumelos, carnes magras ou peixes (de preferência peixes brancos e atum).

Por fim, garanta a qualidade de sua alimentação através de uma dieta equilibrada, variada e não restritiva.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *